noticias388 Seja bem vindo ao nosso site Informe Regional!

Brasil

Mais de mil brasileiros devem ser resgatados por aeronaves da FAB em meio à guerra de Israel

Força Aérea iniciou operação neste domingo; ao todo, seis aeronaves foram mobilizadas

Publicada em 09/10/23 às 10:09h - 55 visualizações

O Glovo


Compartilhe
Compartilhar a noticia Mais de mil brasileiros devem ser resgatados por aeronaves da FAB em meio à guerra de Israel  Compartilhar a noticia Mais de mil brasileiros devem ser resgatados por aeronaves da FAB em meio à guerra de Israel  Compartilhar a noticia Mais de mil brasileiros devem ser resgatados por aeronaves da FAB em meio à guerra de Israel

Link da Notícia:

Mais de mil brasileiros devem ser resgatados por aeronaves da FAB em meio à guerra de Israel
 (Foto: Informe Regional)
O Brasil iniciou, neste domingo, uma operação com seis aeronaves da Força Aérea (FAB) para repatriar os brasileiros que estão em áreas de conflito em Israel. O primeiro avião, um KC-30, decolou às 18h e chegou em Roma, na Itália, às 2h48 desta segunda-feira (horário de Brasília). Agora, a aeronave aguarda autorização para seguir ao destino.

Com 59 metros de comprimento, o KC-30 é o maior avião já operado pela Força Aérea Brasileira. Ele é capaz de transportar até 238 passageiros, 45 toneladas de cargas e voar uma distância de 14,5 mil quilômetros. Duas aeronaves deste modelo foram mobilizadas para a operação, afirmou a FAB. Além deles, dois KC-390 e dois VC-2 serão usados.

O KC-390 é uma aeronave de transporte militar de médio porte. Bimotor e a jato, ela foi projetada e produzida pela Embraer. Ao todo, o avião possui capacidade de carga de 26 toneladas, e pode realizar operações que vão desde transporte de tropas e carga até outras mais especializadas, como o reabastecimento aéreo.

Ele é capaz de transportar, por exemplo, dois veículos blindados de transporte de pessoal M-113, um veículo blindado Boxer, um helicóptero Sikorsky UH-60 e até 80 soldados ou 66 paraquedistas com equipamento completo. O design da aeronave permite operações flexíveis, uma vez que as configurações internas e externas podem ser rapidamente trocadas para acomodar diferentes funções de missão.

Já os dois VC-2 (Embraer 190) foram cedidos pela Presidência da República. De acordo com a FAB, esses aviões são utilizados em missões de Transporte Especial. Com 36 metros de comprimento, cada um é capaz de transportar 38 passageiros. Em 2020, na pandemia, eles foram utilizados na missão de repatriação de brasileiros que estavam na China.

Primeiro voo
No primeiro voo para repatriar os brasileiros em Israel, uma equipe de saúde foi mobilizada. Dois médicos, dois enfermeiros e dois psicólogos da FAB prestarão apoio a quem embarcar. A operação é feita em conjunto com as embaixadas brasileiras na região de conflito. O governo estuda um plano para repatriar quem está na Faixa de Gaza e Cisjordânia.

Procurado pelo GLOBO, o Ministérios das Relações Exteriores ainda não divulgou a primeira lista de passageiros. Mais de mil brasileiros entraram em contato com a embaixada brasileira em Tel Aviv, sendo a maior parte turistas. Um segundo avião sairá do Brasil às 16h45.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (22) 99806-5772

Visitas: 46483
Usuários Online: 5
Copyright (c) 2024 - Informe Regional - Todos os direitos reservados - Direção Geral: Victor Gomes de Azevedo