noticias306 Seja bem vindo ao nosso site Informe Regional!

Mundo

Rave atacada em Israel pelo Hamas começou no Brasil e foi criada pelo pai de Alok

Festival acontecia próximo à Faixa de Gaza, na região Sul de Israel, no sábado (7), quando o grupo extremista Hamas invadiu o local. Cerca de 260 pessoas foram mortas.

Publicada em 09/10/23 às 11:01h - 88 visualizações

G1


Compartilhe
Compartilhar a noticia Rave atacada em Israel pelo Hamas começou no Brasil e foi criada pelo pai de Alok  Compartilhar a noticia Rave atacada em Israel pelo Hamas começou no Brasil e foi criada pelo pai de Alok  Compartilhar a noticia Rave atacada em Israel pelo Hamas começou no Brasil e foi criada pelo pai de Alok

Link da Notícia:

Rave atacada em Israel pelo Hamas começou no Brasil e foi criada pelo pai de Alok
 (Foto: Informe Regional)
O festival de música eletrônica atacado neste sábado (7) pelo Hamas em Israel tem origem brasileira e foi criado pelo DJ Swarup, pai do DJ Alok. A edição Israelense do Universo Paralello foi interrompido e deixou mais de 260 pessoas mortas, segundo as autoridades israelenses.

O evento brasileiro foi criado no Brasil nos anos 2000 por Juarez Petrillo, o DJ Swarup, pai dos DJs Alok e Bhaskar. A festa começou em Goiás, mas logo foi transferida para a Bahia, onde geralmente acontece na virada do ano na praia de Pratigi, de Ituberá.

Nas redes sociais, a organização brasileira publicou uma nota sobre o ataque em Israel.

"Estamos profundamente chocados com os últimos acontecimentos em Israel envolvendo ataques simultâneos sem precedentes em diversas regiões do país pelo Hamas. Como muitos de vocês sabem, o evento 'Tribe of Nova edição Universo Paralello' estava sendo realizado na região Sul, próximo a Faixa de Gaza no último dia 6, um dos lugares atacados", diz o comunicado.

"Israel é reconhecida mundialmente por grandes eventos de música eletrônica e o local é conhecido por realizar diversos deles, tondo no dia anterior acontecido um festival com o mesmo perfil no mesmo local."

O festival brasileiro conta com vários dias de duração e o público costuma ficar acampado no local, na praia, em meio às áreas das apresentações. Os DJs apresentam vertentes variadas da música eletrônica como o psytrance.

Segundo a organização da rave brasileira, a marca costuma ser licenciada para outros países, com uma produtora local responsável pela organização e contratação dos artistas.

O festival já aconteceu em países como a Índia, em 2015, e na França, em 2016, e entre 2022 e 2023, foram realizadas edições na Argentina, Espanha, Portugal, Tailândia e México. Esta festa foi a festa primeira a acontecer no Oriente Médio e recebeu o nome de Tribe of Nova. Petrillo foi um dos DJs contratados para a edição israelense.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (22) 99806-5772

Visitas: 55976
Usuários Online: 9
Copyright (c) 2024 - Informe Regional - Todos os direitos reservados - Direção Geral: Victor Gomes de Azevedo